RSS
 

Paranóia – Bem Simples

por: Roberto Lazaro Silveira

Paranóia é uma desconfiança ou suspeita altamente exagerada ou injustificada. Pode ser provocada por algumas substâncias utilizadas em locais errados em funções erradas como no caso da cocaína por exemplo. Nos Andes esta substância presente em meio por cento das folhas de Coca aproximadamente, de acordo com a espécie, é utilizada no cotidiano em função de proporcionar o trabalho em grandes altitudes e assim compensar uma deficiência do organismo.

Principalmente no maior financiador do mundo: Estados Inimigos da América! é diferente. Utiliza-se a cocaína etc… para prejuízo mesmo! E o resultado é a paranóia! Pense nisto: Um jovem ao ver sua namorada conversando com um amigo dela…. bem de longe…. ganha de presente da cocaína (ou da mistureira presente no pó branco que não passa de 15% de coca dependendo do ponto onde comprou) um delírio de ciúme regado a Acting-out – então começa a pular em cima do carro e a gritar e dar socos nos vidros do pobre carro, empurra a namorada para dentro do veículo, entra no carro, e sai atropelando todo mundo….

Depois de dois ou três anos de cadeia… procura o terapêuta para saber porquê… De forma bem simplista pode-se adiantar que as drogas não são boas opções para suprir as carências humanas. Mas… cada indivíduo deverá ser analisado como o sujeito enunciante do problema enunciado! porque possui sua verdade personalizada e somente esta é a verdade que conhecendo liberta!

A verdade enunciada em torno do arquétipo do Louco enunciante em busca do seio bom, no aqui agora através de comportamentos que devem ser extintos através de exercícios de bio energética corporal!?

Obs: Existem diversos outros fatores, causadores da paranóia, sem qualquer ligações com substâncias psicoativas exógenas;-)

Então Raul Seixas e Paulo Coelho escreveram e dedicaram e o Raul cantou: Para Nóia

Quando esqueço a hora de dormir
E de repente chega o amanhecer
Sinto a culpa que eu não sei de que
Pergunto o que que eu fiz?
Meu coração não diz e eu…
Eu sinto medo!
Eu sinto medo!

Se eu vejo um papel qualquer no chão
Tremo, corro e apanho pra esconder
Com medo de ter sido uma anotação que eu fiz
Que não se possa ler
E eu gosto de escrever, mas…
Mas eu sinto medo!
Eu sinto medo!

Tinha tanto medo de sair da cama à noite pro banheiro
Medo de saber que não estava ali sozinho porque sempre…
Sempre… sempre…
Eu estava com Deus!
Eu estava com Deus!
Eu estava com Deus!
Eu tava sempre com Deus!

Minha mãe me disse há tempo atrás
Onde você for Deus vai atrás
Deus vê sempre tudo que cê faz
Mas eu não via Deus
Achava assombração, mas…
Mas eu tinha medo!
Eu tinha medo!

Vacilava sempre a ficar nu lá no chuveiro, com vergonha
Com vergonha de saber que tinha alguém ali comigo
Vendo fazer tudo que se faz dentro dum banheiro
Vendo fazer tudo que se faz dentro dum banheiro

Para…nóia

Dedico esta canção:
Para Nóia!
Com amor e com medo (com amor e com medo)
Com amor e com medo (com amor e com medo)
Com amor e com medo (com amor e com medo)
Com amor e com medo (com amor e com medo)…

Com amor e com medo…

 

Vigorexia – Entrevista ao Câmera 11 da Record

por: Roberto Lazaro Silveira

A entrevista acima foi realizada pela TV Candelária, a Rede Record de Rondônia. Os entrevistadores foram os apresentadores Emerson Lopes e Everton Leoni.

O Câmera 11 é a revista eletrônica de maior sucesso na televisão de Rondônia. Apresentado por Emerson Lopes, Léo Ladeia e Luana Najara o programa leva notícias, opiniões, entrevistas e reportagens, tudo isso recheado de muita irreverência e bom humor. No ar de segunda a sexta , animando o horário do almoço do telespectador, o Câmera 11 inovou o jeito de se fazer televisão no Estado, unindo muita informação com alto astral e os comentários inteligentes de Léo Ladeia.

 

Jogos Eletrônicos e Desenvolvimento Infantil – Entrevista ao Câmera 11 da Record

por: Roberto Lazaro Silveira

A entrevista acima foi realizada pela TV Candelária, a Rede Record de Rondônia. O entrevistador foi o apresentador Léo Ladeia do programa Câmera 11.

O Câmera 11 é a revista eletrônica de maior sucesso na televisão de Rondônia. Apresentado por Emerson Lopes, Léo Ladeia e Luana Najara o programa leva notícias, opiniões, entrevistas e reportagens, tudo isso recheado de muita irreverência e bom humor. No ar de segunda a sexta , animando o horário do almoço do telespectador, o Câmera 11 inovou o jeito de se fazer televisão no Estado, unindo muita informação com alto astral e os comentários inteligentes de Léo Ladeia.

O assunto abordado foi a influência dos jogos eletrônios no desenvolvimento infantil. Jogos de Violência, excesso de horas jogando videogame, falta de comunicação entre pais e filhos dentre outros que surgiram expontâneamente durante a entrevista ao vivo.

 

Identifique o Gyodai

por: Roberto Lazaro Silveira

Gyodai era um personagem inimigo dos Changemans, seriado apresentado em 1988 pela rede Manchete. Os Changemans era composto por cinco integrantes do exército dos Defensores da Terra banhados pela Força Terrestre (Earth Force) e adquirem cada um os poderes de um densetsu-ju (animal lendário): Dragão (Change Dragon), Grifo (Change Griphon), Pégaso (Change Pegasus), Sereia (Change Mermaid) e Fênix (Change Phoenix).

Suas missões era lutar contra monstros espaciais. Então quando venciam o mostro, entrava em cena o famoso Gyodai que tornava gigantes os monstros vencidos.

Este personagem foi escolhido para ilustrar alguns casos clínicos que tenho tratado e estão relacionados aos conflitos que temos com outros no dia a dia e depois levamos a pessoa para casa em nossa mente e ficamos imaginando algumas possíveis respostas ou até mesmos agressões físicas e premeditando um possível reencontro para vingança.

Talvez nem veremos mais a pessoa com quem tivemos o contratempo que durou apenas minutos e ampliamos para dias meses… Então inclua este conhecimento tornando-o capaz de gerar um autoconhecimento sobre ti mesmo. Procure identificar o Gyodai dentro de você e conhecer as razões que o fazem aparecer, desta maneira será possível vencê-lo. Ja ouviu falar em fazer tempestade em copo d’agua ou tornar um probleminha um problemão? ….. são complexos identificáveis ao redor do mesmo núcleo arquetípico. Ajuda muito à derrotar o Gyodai quando assumimos a seguinte linha de pensamento: “Eu tenho valor, sou único no mundo….” Ninguém é inferior ou superior em tudo ou nada. Pense nisto!

 

Psiquiatria: Uma Indústria da Morte

por: Roberto Lazaro Silveira

A evolução dos métodos relacionados nos vídeos evoluíram para os medicamentos psicotrópicos que nunca ofereceram uma cura se quer desde que foram inventados até os dias atuais segundo a Comissão dos Direitos Humanos. Segundo a mesma comissão ainda existe a manipulação de pesquisas feita pelos grandes laboratórios. Vale a pena conferir o documentário!

A evolução dos métodos relacionados nos vídeos evoluíram para os medicamentos psicotrópicos que nunca ofereceram uma cura se quer desde que foram inventados até os dias atuais segundo a Comissão dos Direitos Humanos. Segundo a mesma comissão ainda existe a manipulação de pesquisas feita pelos grandes laboratórios. Vale a pena conferir o documentário!

A evolução dos métodos relacionados nos vídeos evoluíram para os medicamentos psicotrópicos que nunca ofereceram uma cura se quer desde que foram inventados até os dias atuais segundo a Comissão dos Direitos Humanos. Segundo a mesma comissão ainda existe a manipulação de pesquisas feita pelos grandes laboratórios. Vale a pena conferir o documentário!

A evolução dos métodos relacionados nos vídeos evoluíram para os medicamentos psicotrópicos que nunca ofereceram uma cura se quer desde que foram inventados até os dias atuais segundo a Comissão dos Direitos Humanos. Segundo a mesma comissão ainda existe a manipulação de pesquisas feita pelos grandes laboratórios. Vale a pena conferir o documentário!

A evolução dos métodos relacionados nos vídeos evoluíram para os medicamentos psicotrópicos que nunca ofereceram uma cura se quer desde que foram inventados até os dias atuais segundo a Comissão dos Direitos Humanos. Segundo a mesma comissão ainda existe a manipulação de pesquisas feita pelos grandes laboratórios. Vale a pena conferir o documentário!

A evolução dos métodos relacionados nos vídeos evoluíram para os medicamentos psicotrópicos que nunca ofereceram uma cura se quer desde que foram inventados até os dias atuais segundo a Comissão dos Direitos Humanos. Segundo a mesma comissão ainda existe a manipulação de pesquisas feita pelos grandes laboratórios. Vale a pena conferir o documentário!

A evolução dos métodos relacionados nos vídeos evoluíram para os medicamentos psicotrópicos que nunca ofereceram uma cura se quer desde que foram inventados até os dias atuais segundo a Comissão dos Direitos Humanos. Segundo a mesma comissão ainda existe a manipulação de pesquisas feita pelos grandes laboratórios. Vale a pena conferir o documentário!

A evolução dos métodos relacionados nos vídeos evoluíram para os medicamentos psicotrópicos que nunca ofereceram uma cura se quer desde que foram inventados até os dias atuais segundo a Comissão dos Direitos Humanos. Segundo a mesma comissão ainda existe a manipulação de pesquisas feita pelos grandes laboratórios. Vale a pena conferir o documentário!

A evolução dos métodos relacionados nos vídeos evoluíram para os medicamentos psicotrópicos que nunca ofereceram uma cura se quer desde que foram inventados até os dias atuais segundo a Comissão dos Direitos Humanos. Segundo a mesma comissão ainda existe a manipulação de pesquisas feita pelos grandes laboratórios. Vale a pena conferir o documentário!

A evolução dos métodos relacionados nos vídeos evoluíram para os medicamentos psicotrópicos que nunca ofereceram uma cura se quer desde que foram inventados até os dias atuais segundo a Comissão dos Direitos Humanos. Segundo a mesma comissão ainda existe a manipulação de pesquisas feita pelos grandes laboratórios. Vale a pena conferir o documentário!

A evolução dos métodos relacionados nos vídeos evoluíram para os medicamentos psicotrópicos que nunca ofereceram uma cura se quer desde que foram inventados até os dias atuais segundo a Comissão dos Direitos Humanos. Segundo a mesma comissão ainda existe a manipulação de pesquisas feita pelos grandes laboratórios. Vale a pena conferir o documentário!

A evolução dos métodos relacionados nos vídeos evoluíram para os medicamentos psicotrópicos que nunca ofereceram uma cura se quer desde que foram inventados até os dias atuais segundo a Comissão dos Direitos Humanos. Segundo a mesma comissão ainda existe a manipulação de pesquisas feita pelos grandes laboratórios. Vale a pena conferir o documentário!

 

Receba da Comissão de Direitos Humanos em Sua Residência Os Vídeos e Apostilas de Primeira Qualidade que Tratam de Assuntos Relacionados à Psiquiatria

por: Roberto Lazaro Silveira

Clique aqui para baixar ou solicitar por correio os vídeos, folhas informativas, dentre outros materiais de primeira qualidade e descubrir a verdade sobre a psiquiatria segundo a Comissão de Direitos Humanos

Assista no Youtube todo o documentário da Comissão dos Direitos Humanos.

 

Vídeo da Organização Mundial dos Direitos Humanos Relata Abuso Sexual Efetuado por Psiquiatras em Seus Pacientes

por: Roberto Lazaro Silveira

PARA RECEBER ESTE VÍDEO DE GRAÇA EM SUA RESIDÊNCIA BASTA CLICAR AQUI E PREENCHER O FORMULÁRIO. PARA VIR LEGENDADO EM PORTUGUÊS SELECIONE BRASIL NO CAMPO “Country” DO FORMULÁRIO.

 

DIREITOS E DEVERES FUNDAMENTAIS NA LEI CONSTITUCIONAL – VÍDEOS E SÍNTESE

por: Roberto Lazaro Silveira

Este artigo servirá como forma de incentivar uma leitura inicial sobre nossos direitos e deveres fundamentais. Observe abaixo as categorias e no final do artigo a descrição de algumas delas:

Primeira categoria: Direitos Pessoais
1. O cidadão goza do direito de não ser discriminado: artigo 18[1]
2. O cidadão goza do direito à vida, à liberdade e à segurança: artigo 22[2]
3. O cidadão goza do direito de não ser torturado: artigo 23
4. O cidadão goza do direito à educação e profissão: artigo 28 nº 2[3]
5. O cidadão tem o direito de viver em ambiente sadio: artigo 24
6. O cidadão tem o direito de exigir do Estado condições que favoreçam o gozo efetivo dos seus direitos e deveres: artigo 50
7. O cidadão tem o direito de ser protegido pelo Estado nalgumas situações: artigo 51

Segunda Categoria: Direitos Judiciários
1. O cidadão tem o direito de ser respeitado e protegido pelo Estado quanto à sua pessoa e dignidade: artigo 20
2. O cidadão tem o direito à defesa e à assistência e patrocínio judiciário: artigo 36[4]
3. O cidadão tem o direito a ser informado da causa da sua detenção[5]: artigo 39
4. O cidadão condenado tem direito a interpor recurso junto do tribunal competente: artigo 41[6]
5. O cidadão tem direito a interpor o habeas corpus[7] diante do abuso de poder do juiz: artigo 42
6. O cidadão tem direito de impugnar contra todos os actos que lesam os seus direitos fundamentais: artigo 43[8]
7. O cidadão tem o direito de ser julgado nos prazos previstos na lei: artigo 38[9]

Terceira Categoria: Direitos cívicos e políticos.
1. O cidadão tem direito à inviolabilidade da sua vida privada [10]: artigo 44
2. O cidadão tem direito de livre circulação: artigo 25
3. O cidadão tem direito ao asilo político: artigo: 26
4. A lei concede ao cidadão o direito a não ser extraditado [11] ou expulso do território nacional
5. O cidadão tem direito à nacionalidade [12]: artigo: 19
6. O cidadão tem direito de formar uma família e a ser protegida pelo Estado: artigo: 29
7. O cidadão tem direitos de propriedade privada e conseqüentemente a sua proteção: artigo 12 §§2-3
8. O cidadão tem direito à liberdade de pensamento, consciência e de professar livremente a religião: artigo 45
9. O cidadão tem direito à liberdade de opinião e de palavra: artigo 35
10. O cidadão tem direito à liberdade de reunião: artigo 32
11. O cidadão tem direito de participar na vida política: artigo 28

Quarta Categoria: Direitos sociais do cidadão?
1. O cidadão tem direito à instrução, à cultura e ao desporto. Artigo 49
2. O cidadão tem direito ao trabalho [13] e à justa remuneração: artigo 46
3. O trabalhador tem direito ao descanso [14] e às férias: artigo 46,2
4. O cidadão tem direito à previdência e segurança social [15]: artigo 47, 1

[1] Existem muitas formas de discriminação na nossa sociedade: por exemplo: se o direito se funda sobre o saber se fará discriminação de pessoas quando se prefere ou se escolhe alguém não por que sabe, mas porque tem uma determinada orientação político ou por ser parente ou por outros motivos.

[2] Este artigo, articulado em dois pontos, na anterior Lei Constitucional de 1991, aparecia como segundo período do artigo 20 e não se fazia menção expressa à abolição da pena de morte.

[3] Este direito do cidadão exige da parte do Governo, conseqüentemente como dever do Estado, criar condições para a sua concretização.

[4] A assistência judiciária consiste na faculdade conferida pelo Estado às pessoas economicamente mais desfavorecidas de, desde que provem as suas dificuldades econômicas, poderem recorrem aos tribunais sem terem de pagar quer aos tribunais quer os honorários do advogado que lhes seja nomeado pelo juiz. A prova da insuficiência econômica dos pretendentes ao apoio judiciário é avaliada pelo juiz, que poderá contentar-se com um atestado da junta da Administração onde se mencione a falta de meios de tais pessoas.

[5] A única exceção é quando a pessoa tenha sido apanhada em flagrante de um delito que admite liberdade, a sua detenção deve ser já o resultado de um processo que inclui várias etapas: é necessário que uma queixa tenha sido apresentada a um procurador, ao sector de investigação criminal ou outra entidade responsável por averiguar e reunir os elementos de prova que serão tidos em consideração pelos tribunais.

[6] Quando é que se interpõe um recurso? Só se pode falar de um recurso lá onde houve uma sentença judicial. A sentença emana por um juiz tanto pode ser válida, mas pode também ser viciada por nulidade. Contra a primeira pode interpor o apela; e contra a Segunda interpõe-se a querela de nulidade. O apelo é o meio legal ordinário com o qual a parte interessada se dirige ao tribunal superior, para obter o re-exame e conseqüentemente o revoga ou a modificação de uma sentença válida, considerada como injusta e lesiva dos próprios interesses.

[7] O habeas corpus é, historicamente, uma figura originária de Inglaterra e consiste numa providência expedita extraordinária que se destina a pôr termo a uma situação ilícita de detenção ou prisão ilegal, que tanto pode se requerida pelo próprio, como por qualquer cidadão no gozo dos seus direitos políticos.

[8] Trata-se do acesso ao direito e aos tribunais. A garantia constitucional do acesso ao direito e aos tribunais significa, por um lado, o direito à informação jurídica, ou seja, ao conhecimento do direito e do ordenamento legal; por outro, o direito à proteção jurídica nas modalidades de consulta jurídica e apoio judiciário.

O sistema de acesso ao direito e aos tribunais destina-se a promover que a ninguém seja dificultado ou impedido, em razão da sua condição social ou cultural ou por insuficiência de meios econômicos, de conhecer, fazer valer ou defender os seus direitos.

[9] Em Angola, o prazo máximo de prisão preventiva é de 135 dias, findos os quais o indivíduo deve ser julgado ou posto em liberdade.
[10] É contra o direito à privacidade, por exemplo: gravar palavras proferidas por outrem sem consentimento e destiná-las a público, fotografar, filmar ou registrar aspectos da vida particular de outrem, utilizar ou permitir que se utilizem as fotografias, os filmes ou os registros indevidamente obtidos.
[11] A extradição é uma figura jurídica que consiste na entrega, por parte de um Estado, de uma pessoa que se encontra sob a soberania desse Estado a outro Estado que solicita a sua transferência e entrega às autoridades para, perante elas, responder criminalmente ou cumprir uma pena de prisão. A expulsão é uma ordem de saída dada pelos Estados aos estrangeiros que se encontram no seu território em situação irregular ou não desejada. Regra geral assenta numa decisão unilateral de um Estado, não dependendo de qualquer pedido nesse sentido por parte de outro Estado
[12] A lei Constitucional não diz quais são os requisitos de atribuição, aquisição, perda ou reaquisição. A prática civilística apresenta os seguintes critérios determinantes para a cidadania:
a) ius sanguinis: é cidadão aquele que nasceu (mesmo no estrangeiro) de pai cidadão ou, se tratar de filho natural, de mãe cidadã. Este é o sistema adotado em muitos países europeus;
b) ius soli: o decisivo para a determinação da cidadania é o lugar de nascimento; é cidadão todo aquele que nasce no território do estado;
c) sistema misto: são cidadãos não só aqueles que nasceram de cidadãos sejam na pátria ou no estrangeiro, mas também os filhos dos estrangeiros nascidos no território estatal.

Para a aquisição da cidadania os ordenamentos prevêem cinco diversos modos:
a) iure sanguinis; b) iure soli; c) por benefício da lei (estrangeiro); d) por naturalização;
e) por iure communicatio: matrimônio.

[13] Este direito ao trabalho é regulado por aquele ramo de direito que chamamos Direito do Trabalho. Por quê? Como sabemos, o trabalho é todo o esforço humano destinado a satisfazer as necessidades de um indivíduo ou de uma comunidade. A satisfação das necessidades de cada um e de todos implica a organização do trabalho numa complexa rede de produção, distribuição e troca de bens e serviços cada vez mais diversificados e sofisticados. O direito de trabalho aparece para moldar e disciplinar as relações de trabalho que têm por característica comum a subordinação do trabalhador ao dador de trabalho. Ou seja, o direito do trabalho é, fundamentalmente, o conjunto de normas jurídicas que regulam as relações de trabalho subordinado, também chamado dependente. Estas relações são as que se estabelecem entre um trabalhador e a sua entidade patronal através de um contrato de trabalho. Reconhece a dependência do trabalhador em relação ao empregador e por isso é informado por um conjunto de princípios destinados a compensar aquela dependência e a equilibrar a posição desvantajosa do trabalhador, protegendo-o de eventuais abusos por parte da entidade patronal.
[14] A grande parte dos instrumentos de regulamentação coletiva de trabalho adaptou as chamadas “semana inglesa e “semana americana, que consagram ao descanso do trabalhador, além do Domingo, também a parte da tarde de Sábado ou todo o Sábado.
Quanto às férias, na maioria dos casos os ordenamentos jurídicos não permitem que o trabalhador renuncie ao direito a férias, ou que o negocie a troco do que quer que seja. A retribuição em triplo é prevista na lei a título de indenização por violação do direito a férias e não a título de pagamento da renúncia do mesmo direito. As férias só poderão não ser gozadas no ano civil em que se vencem quando o seu gozo prejudica gravemente a empresa ou o próprio trabalhador e, no primeiro caso, este concorde em gozá-lo no primeiro trimestre do ano civil seguinte.
[15] O sistema da segurança social:

Princípios fundamentais:
a) Universalidade – pretende abranger progressivamente todo e qualquer indivíduo
b) Igualdade – não permite a discriminação em função do sexo, da raça, etc.
c) Unidade – prevê o funcionamento global de forma unificada ou, pelos menos, articulada.
d) Eficácia – preconiza medidas em tempo útil e por forma a resolver situações concretas.
e) Garantia judiciária – salvaguardando o recurso aos tribunais por parte dos beneficiários que se consideram lesados.
f) Solidariedade – assenta na responsabilização coletiva do Estado, nomeadamente no que respeita ao financiamento para obtenção dos fins visados.
g) Descentralização – defende a proximidade geográfica das instituições com a população.
h) Participação – permite a colaboração dos interessados nas formas de atuação através de associações representativas.

 

Mitología Nórdica

por: Roberto Lazaro Silveira

 

Seres Mitológicos

por: Roberto Lazaro Silveira

 

Plano de saúde que não permite acesso direto ao psicólogo é plano de doença!

por: Roberto Lazaro Silveira

Fico surpreso em saber que existe plano de saúde obrigando seus associados a passar pelo psiquiátra antes de procurar o psicólogo e depois de algumas consultas com o psicólogo obriga ainda a passar por uma avaliação do psiquiátra para saber se precisa de novas sessões de terapia.

Isto é um conto do vigário, pois, psicologia não é nem mesmo área médica, logo, médico algum possui competência para avaliar o trabalho de psicólogo e isto consiste em falta de ética do lado do psicólogo que aceita e do psiquiátra que experimenta este ridículo caso de narcisísmo. Observe abaixo o princípio de número 6 que fundamenta a existência da ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria), observe,

“6 – A diferença entre a saúde e a enfermidade psiquiátrica é antes de tudo uma questão da qualidade das manifestações mentais e comportamentais apresentadas pelos indivíduos e pelos seres humanos grupalmente, que definem sua clara patologia.”

Nota-se claramente que a pessoa além de pagar altos impostos e ainda o plano de saúde medíocre, é obrigada a estar doente mental (quando as qualidades das manifestações mentais e comportamentais são intensas) para usufruir do plano pago a duras penas. Não tem direito a procurar o psicólogo enquanto ainda está saudável evitando a enfermidade e necessidade de psiquiátra e o que é mais terrível: ficar dependente de remédios psicotrópicos que matam por ano mais do que os acidente de trânsito.

Para promoção de saúde o contratante do plano de saúde, ou seja, você! deve exigir de seu plano o livre acesso ao psicólogo antes que necessite da psiquiatria  – doutrina das doenças mentais e do respetivo tratamento. Se a psiquiatria consta no dicionário como tal doutrina das doenças, então o plano de saúde necessita de doentes. Pense nisto:

Você passa por um constrangimento e isto fica perturbando seu dia-a-dia. Seu plano de saúde não permite o acesso ao psicólogo para sanar este pequeno incomodo e com o passar do tempo outro acontecimento não resolvido soma energia ao primeiro.

Após determinado tempo ocorre algo muito grave e somado aos pequenos fatos anteriores surge a doença mental e em decorrência a psicossomática – ex. hipertensão arterial, logo, uma doença pré-exitente irá aumentar  o valor do plano de “saúde” (seguradora)!,  o lucro da  indústria farmacêuta e dos psiquiátras inescrupulosos que submetem-se ao terror em questão. Observe o pronunciamento do PHD. Gary Null e outros no vídeo abaixo denominado “PSIQUIATRIA, UMA INDÚSTRIA DE MORTE” e tire suas próprias conclusões!

http://www.youtube.com/watch?v=Q3mIlvg4vQ0

PARA RECEBER ESTE VÍDEO DE GRAÇA EM SUA RESIDÊNCIA BASTA CLICAR AQUI E PREENCHER O FORMULÁRIO. PARA VIR LEGENDADO EM PORTUGUÊS SELECIONE BRASIL NO CAMPO “Country” DO FORMULÁRIO.

 

Transtrono Bipolar

por: Roberto Lazaro Silveira

Está é mais um doença inventada que era denominado até bem pouco tempo de psicose maníaco-depressiva. Esse nome foi abandonado principalmente porque este transtorno não apresenta necessariamente sintomas psicóticos, na verdade, na maioria das vezes esses sintomas não aparecem. Vejam nos vídeos como isto ocorre.

Os transtornos afetivos não estão com sua classificação terminada. Provavelmente nos próximos anos surgirão novos subtipos de transtornos afetivos, melhorando a precisão dos diagnósticos e desencadeando remédios psicotrópicos para cada um dos ramos para encher o bolso da indústria farmacêutica e dos médicos vinculados financeiramente á mesma.

A alternância de estados depressivos com maníacos é a tônica dessa psêudo patologia. Muitas vezes o diagnóstico correto só será feito depois de muitos anos, após vencer a patente de determinado medicamento…

Uma pessoa que tenha uma fase depressiva, receba o diagnóstico de depressão e dez anos depois apresente um episódio maníaco tem na verdade o transtorno bipolar, mas até que a mania surgisse não era possível conhecer diagnóstico verdadeiro, mas, que após algum tempo não é mais verdadeiro como de costume, e surgirá então novos remédios com novas patentes para o novo nome registrado no DSM, que por sua vez é um livro que enquadra qualquer pessoa da face da terra como doente mental e foi patrocinado pela indústri farmacêutica para vender remédios que mudam de nome quando vence a petente e continua vendendo por valores elevados, sendo necessário uma reclassificação no livrinho de doenças.

Pense nisto querido leitores: Acabamos de ganhar um carro de presente…. ficamos felizes e eufóricos…. então teremos que viver deste modo para o resto da vida mesmo com a morte de um ente querido caso contrário estaremos enquadrados como Bípolar e desenbolsaremos com o psicotrópico adequado.

Leia isto: Qual a causa da doença? A causa propriamente dita é desconhecida, mas há fatores que influenciam ou que precipitem seu surgimento como parentes que apresentem esse problema, traumas, incidentes ou acontecimentos fortes como mudanças, troca de emprego, fim de casamento, morte de pessoa querida.

Fica fácil notar o conto do vigário… Os psicotrópicos matam mais que acidentes de carro, e isto é fato!

Para comprovar solicite em seu idioma e receba em casa gratuitamente um vídeo da Comissão dos direitos humanos Clique aqui para preencher o formulário

 

A Psicoterapia Promove Saúde Através do Autoconhecimento

por: Roberto Lazaro Silveira

O autoconhecimento promove saúde e a psicoterapia promove autoconhecimento. Assista ao trecho do vídeo acima! (esta primeira frase da legenda diz respeito aos artigos escritos pela indústria farmacêuta que paga á médicos para assinaram). Receba o vídeo original em casa sem custo algum, maiores informações sobre o vídeo no final deste artigo – não esqueça de mudar o idioma para português no campo language do formulário: Clique aqui para preencher o formulário.

Após assistir ao vídeo sobre psicotrópicos, o qual a comissão dos direitos humanos envia gratuitamente para qualquer residência do Brasil, e somar as informações fornecida aos meus conhecimentos sobre o sistema médico tradicional do oriente, chequei a conclusão que os lucros com a produção de doenças estende-se aos planos de saúde.

O médico na Medicina Oriental Chinesa, atendia pessoas como o imperador por toda a vida, e ganhavam um gordo salário, no entanto, se o seu paciente ficasse doente o salário do médico era cortado até o mesmo voltar á gozar de plena saúde – devemos lembrar que para a Organização Mundial de Saúde – OMS, não existe doenças e sim doentes.

No ocidente alguns médicos assim como alguns planos de saúde lucram com as doenças, ou seja, necessitam de doentes para engordar seus cofres e os da indústria farmacêutica.

PLANOUNIMERD – Plano de Saúde ou de Doença? – Alguns planos, no caso da saúde mental são ineficientes, pois, tratam seus afiliados como doentes e não preocupam-se em provover saúde porque lucram com a doença, logo, obrigam as pessoas que usufluem do mesmo, quando com alguma perturbação mental, á procurar um psiquiátra (são raros os psiquiatras que tornaram-se psicólogos como Freud, Jung e Nise da Silveira) e se necessário o mesmo indica para um psicólogo. Os planos estão pagando um valor ridículo se comparado á tabela de consultas proposta pelo Conselho Federal de Psicologia. Desta forma fere o direito á autonomia e promoção de saúde do cidadão conveniado, pois, antes mesmo do transtorno psiquiátrico surgir a pessoa poderia ter evitado através do autoconhecimento promovido pelo tratamento psicológico e consequentemente os lucros com as doenças deixariam de existir.

Qual seria então um plano de saúde?

Saúde para a Organização Mundial de Saúde é o bem-estar físico, mental e social. Talvez você compartilhe com outros cidadãos que o melhor plano de saúde é comer bem e de acordo com seu biotipo, dormir bem, praticar esportes, ter uma vida sexual de boa qualidade e frequentar locais agradáveis para você dentre outros aspéctos que podem ser acrescentados por cada querido leitor…

Bem-estar físico: Para comer bem e descobrir o que comer com qualidade procure um nutricionista, o mesmo irá aferir sua massa corporal, medir, verificar seu nível de gordura e montar um cardápio personalizado para você e sua família. Procure um academia, que traduzido do inglês significa clube de saúde – Health Club.

Não faça exercícios de forma a prejudicar-se, você merece um bom Personal-Trainner pelo menos por algum período, para adaptar-se aos exercícios de forma correta, no entando, antes do Personal, se você for sedentário principalmente, procure um Fisioterapêuta e faça uma avaliação postural e se necessário contrate o mesmo para programas como RPG dentre outros para corrigir problemas posturais. Mesmo para praticar algum esporte, como voltar á  jogar bola por exemplo, ás vezes é necessário algum programa anterior de preparação.

Bem-estar mental: O tipo de promoção de saúde que facilitará alcaçar seu bem estar físico e social. Todos temos algum aspectos em nossa vida que precisa ser conhecido através da psicoterapia, durante algum tempo, pois, algo pode ter acontecido em algum momento que nos fez guardar o fato em nosso inconsciente e isto tem nos empedido de seguir um verdadeiro PLANO DE SAÚDE, de sermos amados e agir de maneiras saudáveis, por exemplo, um indivíduo sabe que fumar faz mal e gostaria de parar mas não para, ja procurou comportamentalistas, terapêutas ocupacionais, médicos que receitaram remédios controlados com vastos efeitos colaterais como a impotência sexual. Fizeram quase todo o esforço possível, no entando, não conseguiram largar o vício…

A função do psicoterapêuta é fazer com que a pessoa conheça os motivos que levaram-na á dependência química e que agem no inconsciente boicotando seu tratamento, ou seja, os inimigos invisíveis…

Desta forma, entrando em contato com o material inconsciente e conhecendo a si mesmo e ao inimigo ás chances de vencê-lo é muito maior, pois, se você não se conhece e não conhece o inimigo as chances de vencer são poucas, se você se e não conhece o inimigo mais chance de vencer. Conhecendo a você mesmo e ao inimigo, a vitória está em suas mãos e este é o objetivo da psicoterapia para promoção de saúde.

Saiba ser linda como você é... Nasceu gordinha... Linda... Vale procurar um psicoterapêuta para descobrir os inimigos invisíveis que estão dizendo para você ser outra pessoa...

Bem-estar social:  “É o bem comum, o bem da maioria, expresso sob todas as formas de satisfação das necessidades coletivas. Nele se incluem as exigências naturais e espirituais dos indivíduos coletivamente considerados; são as necessidades vitais da comunidade, dos grupos e das classes que compõem a sociedade”. (Meireles, 1976).

Procure frequêntar locais agradáveis e conviver com grupos sociais que possa contribuir para sua saúde. Talvez aquele amigo beberrão possa também adequar-se e manter seu fígado saudável, praticar exercícios físicos e ajudar você no seu objetivo, caso contrário passe a conviver com alguém determinado a seguir seu plano de saúde. “Diga com quem andas que te direi quem tu és” – Sócrates.

Estamos todos doentes… Existe livros chamados – DSM – Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders e CID10… neles qualquer pessoa da face da terra pode ser enquadrado em alguma doença mental, hoje a moda é Bí Polar. Se você não se conhece poderá cair nesse conto do vigário. Quando próximos á eventos agradáveis como nascimento de um filho ficamos eufóricos, por outro lado, quando falece algum ente querido ficamos em luto. São mecanismos naturais da humanidade que a indústria farmacêuta está disposta á lucrar com isto através de seus rótulos.

DSM, CID10 e outros rotuladores – São cada vez mais notáveis os indícios que levam a crer que foram patrocinados pela indústria farmacêuta por necessitar de doentes para vender remédios controlados sem base científica alguma ou quando existe é na maioria das vezes forjada em benefício das empresas que engordam os cofres de alguns psiquiatras quando são desonestos ou sociopatas. – Receba gratuitamente (no formulário mude o espaço language para Português) em sua residência o vídeo que compra estes fatos clicando no seguinte link: http://www.cchr.org/freeinfo.html?&locale=pt_BR#/free-information. Neste vídeo contém o seguinte:

As drogas psicotrópicas formam uma história de muito dinheiro. São drogas que alimentam uma indústria de 330 bilhões de dólares, sem uma única cura. Estas drogas matam agora ao redor de 42.000 pessoas anualmente. E o número de mortes continua aumentando.

Mais de 175 entrevistas com advogados, peritos de saúde mental, as famílias das vítimas e os próprios sobreviventes, este chocante documentário retira a máscara das drogas psiquiátricas e expõe a brutal máquina de fazer dinheiro.

Ao documentar o impacto de uma indústria de multibilhões de dólares em drogas psiquiátricas, este vídeo revela a chocante verdade atrás da atual onda de violência que devasta nossos lares, escolas e comunidades.

Vale a pena investir em um Plano de Saúde Verdadeiro?

 

Site da Comissão dos Diretos Humanos envia DVDs Grátis para o Brasil

por: Roberto Lazaro Silveira

Para receber em casa grátis e em Português os DVDs da Comissão dos Direitos Humanos basta acessar a seguinte página indicada abaixo e preencher o formulário. Entrega comprovada por mim. Realizei o cadastro e tenho recebido os vídeos sem custo algum: “Pensa que a psiquiatria não tem nada que ver consigo?”; “Lucros de matar – A história não contada sobre os psicotrópicos dentre outos.

Clique aqui para acessar o formulário de envio grátis!

 

Nise da Silveira

por: Roberto Lazaro Silveira

 

Entrevista – Face a Face com Jung

por: Roberto Lazaro Silveira

 

James Hillman ao vivo na Mythic Journeys

por: Roberto Lazaro Silveira

James Hillman discute sobre mitologia e o mundo ao nosso redor em um evento da Mythic Journeys Conferences. Para maiores informações, acesse o site: www.mythicimagination.org

 

Trecho de entrevista com Jung – Legendado

por: Roberto Lazaro Silveira